luz

fullsizerender

Chega assim de mansinho, como quem não quer nada. Avança devagar, põe-se em bicos de pés,  total silêncio…No céu escuro, surge uma estrela. Depois outra, e outra. Noite após noite, a cada viagem, silenciosa, em bicos de pés, de mansinho, o céu vai ganhando estrelas, até que um dia, o outrora céu preto é uma tela de pontos de luz, que iluminam o brilho dos teus olhos e me fazem sorrir.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s