não tenhas pressa…

8e7229b2cc9cde62be4dc690124aa03f

Todos os dias há algo a começar algures e uma linha a fechar-se num outro lugar. Casamentos, amizades, empregos, vidas, inícios, fins, recomeços. E depois há o entretanto, aquela fase onde nada acontece, onde os dias parecem iguais, onde se espera ansiosamente um novo início, desconhecendo a beleza daquele entretanto. A paz que se experimenta enquanto a vida nos prepara para cada recomeço é fundamental, desfruta. Não tenhas pressa…

sonho sonhar-te

2c39d42b214647bcf407451695b26091
Robert Doisneau’s

E nestes meses de ausência tua, de vazio completo, o que mais sinto falta é dos momentos que não vivemos. Ocupados que estávamos a tentar falar a mesma língua, deixamos escapar a hipótese de escrever as melhores histórias. Restam as palavras doces que derretem no tempo, as promessas não cumpridas. Restam os sonhos que sonhei viver contigo, ternos,  meigos, tal qual tu e eu.

no te alcanzo…

7ff31d52c1e8af0d59951caed017a48e
Robert Doisneau

“Amor mío, no te quiero por vos ni por mí ni por los dos juntos, no te quiero porque la sangre me llame a quererte, te quiero porque no sos mía, porque estás del otro lado, ahí donde me invitas a saltar y no puedo dar el salto, porque en lo más profundo de la posesión no estás en mí, no te alcanzo, no paso de tu cuerpo, de tu risa.”

Julio Cortázar, Rayuela

toureio de alma

c801997857d6b79e64f25d95e6b4be36-2

(Tenho em mim um touro bravo. E com ele luto, investida após investida. Vacilo a cada rebufo.  Estremeço a cada marrada. E resisto, estoicamente. Não é coragem, não é orgulho, é instinto de sobrevivência. Ou ele amansa ou eu aprendo a lide.)